Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Lote 47 - Bangu ** raríssimo - original da Penas de Aço 'Brasil' - 1960´s

Botões para Sempre está virando um verdadeiro Museu de Botões Antigos. Futuramente estou preparando postagens de times raros de 'carinhas' da Gulliver, quase 90% de toda a coleção completa original Gulliver de carinhas, de 1977-78, que recentemente adquiri. Bom, vamos aos anos 60.
Penas de Aço Brasil, da antiga Guanabara/RJ. Alguém já ouviu falar? Seguramente quem colecionava tais peças no Rio.
O blog pesquisou até o local de onde a fábrica fez seus guerreiros, infelizmente encontrei apenas outros estabelecimentos no local. Bangu, America (sem o acento, correto), Vasco, Flamengo etc. Parece que a fábrica só produzia clubes cariocas.
BOTÕES PARA SEMPRE APRESENTA:
BANGU DA EXTINTA FÁBRICA PENAS DE AÇO 'BRASIL'
68
60´s
Reparem no goleiro típico da fábrica, com o nome do atleta escrito pelo antigo colecionador. Peças que poderiam ir para o Museu do Clube ou do Futebol, por exemplo.
As iniciais que escaneei atrás das peças: F.P.A.B.L (BRASIL). Ind. Bras.
O local hoje da fábrica...
Rua Pereira Nunes/RJ
Outro modelo do Vasco

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Lote 46 - Madureira **raro Bolagol original 'amarelinho' - 1966-70

O recorde brasileiro de permanência de um clube no exterior pertence a quem? ao Madureira, o Tricolor Suburbano, quando realizou 36 jogos em 144 dias no ano de 1961, viajando pela Europa, Ásia e EUA. Obteve 23 vitórias, 03 empates e 10 derrotas, marcando 107 gols, média de quase 03 tentos por partida!
Foi o primeiro clube nacional a visitar o Japão e Hong Kong.
O blog publica essa verdadeira raridade com goleirinho com as iniciais do nome do atleta, colocado pelo antigo colecionador. 
Revelador de talentos
Frequentemente conseguindo bons resultados nas categorias de base, tanto que no ano de 1974 sagrou-se campeão carioca de juniores. Revelou craques como Waldo Machado, Evaristo de Macedo, Jair Rosa Pinto, Lelé, Isaías, Marcelinho, Iranildo, Souza, Léo Lima entre outros.

BOLAGOL - FUTEBOL MINIATURA
1960´S - MADUREIRA 
COR: AMARELO
ESCUDO: MAC (antigas iniciais)
1955: Revista Sport Ilustrado
1943: Almanaque Esportivo Olympicus, de minha coleção
1953
1954: Revista Sport Ilustrado

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Lote 45 - Uma das primeiras industrializações - Estrela S/A - Campeões de Futebol em Família - Timão e Verdão 1958-59

Os primeiros guerreiros em miniatura 'industrializados' começaram com a Estrela. Botões extremamente parecidos e semelhantes com os Futebol Miniatura/Bolagol, que depois fabricou os artefatos em galalite como descrito nas folhas de regras que vinham nas caixinhas.
Diríamos que esses botões que o blog publica abaixo são OS ANTECESSORES DOS BOLAGOL. Depois a fábrica do Brás ampliou e diversificou os times e tornaram-se um dos pioneiros na arte de colecionar botão.
Mas a diferença; será que existe? sim, podem crer.
Os escudos são diferentes. Mais antigos. Emblemas retirados de jornais e revistas muito antigas da época.
Reparem no Corinthians, pequeno escudo, já os Bolagol eram maiores.
Os escudos do Palmeiras? apenas com um 'P'estilizado, que depois nos panelinhas viraram sucesso.
Atrás dos escudos? nos botões?
Sim. Também encontramos diferenças.
Existe um relevo atrás das peças, que forma um círculo nos Estrela.
O tamanho e o diâmetro eram iguais.
Aparentemente apenas quem entende muito do assunto de emblema antigo notará a diferença. Logicamente quem guarda em casa, é só notar os papéis usados pela Estrela de 1958 e os Bolagol nos anos 60.
BOTÕES PARA SEMPRE APRESENTA:
CORINTHIANS E PALMEIRAS 
CAMPEÕES DE FUTEBOL 1958-59
ESTRELA S/A - FUTEBOL EM FAMÍLIA
Este branco acima é o Bolagol. Reparem na diferença dos escudos da Estrela.
Muitas nuances diversas entre um e outro.

Lote 44 - Corinthians Paulista da Estrela original 'canoinhas' - Taça de Prata (Robertão 1968)

Maravilhoso. Estupendo time em 'carinhas' de 1968 feito pela gigante Estrela no auge dos botões com rostos de jogadores. Sem quebras e com goleiro Diogo. Tudo original. Batedeira e bolinha idem. Pela pesquisa realizada data de 1968, na disputa do Torneio Roberto Gomes Pedrosa - Robertão - Taça de Prata.

BOTÕES PARA SEMPRE APRESENTA:
TIMÃO DA ESTRELA - TAÇA DE PRATA 1968
Mais uma homenagem para o Mestre Riva, agora em botões do Fluminense, Corinthians e da seleção de 70

segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Lote 43 - extinta URSS **rara da Copa 1982 feita originalmente pela Sportec

Todas as 24 seleções que participaram daquele melhor mundial de todos os tempos. A Sportec conseguiu reunir todas elas e anunciar seus guerreiros quase semanalmente na Revista Placar. Pesquisei anúncios até um ano antes, em 1981, já com a chamada das seleções. Mais uma relíquia completa, em ótimo estado de conservação, que entra para a coleção feita nas mãos do senhor Júlio, que era proprietário. A fábrica disponibilizava também vendas de lentes transparentes em um KIT, contendo escudos e bandeiras das seleções. Segundo o amigo e colecionador de carros antigos, Badolato, que foi fabricante de botões em 1985, a Sportec também vendia as lentes 'peladas' em bancas de jornais, fato e informação inédita.
A iniciativa de comprar as lentes foi única, pois mexia com a criatividade da garotada na época. Pintar e aplicar os adesivos. Terapia e arte. Diferente da realidade de agora com os 'malfadados' celulares, recheados de golpes e de 'marginais' que andam livres nesse país 'corrupto'. Nossa infância (a minha dos anos 70) era literalmente melhor dos tempos de antigamente. Quem duvida disso?
Viva Sportec! E o seu passado glorioso. Bons tempos que não voltam mais. Só me resta lembranças boas dos anos 80, saudades de um futebol romântico com Zico e Sócrates, Platini, Boniek, Lato, Tigana, Blokhin e tantos outros. 
BOTÕES PARA SEMPRE APRESENTA:
CCCP DA SPORTEC
WORLD CUP 1982 
CCCP em 1982: uma das grandes formações do Leste Europeu

Meus campeonatos: Vem aí a Série C do Brasileirão

Talvez o último torneio do ano, antes da Final Intercontinental entre Schalke 04 e Peñarol. Uma constelação de marcas antigas e originais na série C. Desta vez 04 clubes subirão de posto. E uma série D já está em formação com alguns clubes e outros que também estão para chegar. Ano muito corrido. O aumento do número das equipes fez diminuir o calendário, mas tenho que 'voar' para terminar este Brasileiro também com 32 clubes.
Grupo A
Radium de Mococa (SP) - Dallas
Goiânia (GO) - Ki-Gol
Athletic Club de São João del Rei (MG) - Bolagol
Vitória (BA) - Bolagol

Grupo B
CRB (AL) - Brianezi
Santo André (SP) - saudosa CRAK´S
Mixto (MT) - Crakes
Pato Branco (PR) - Ki-Gol

Grupo C
Taubaté (SP) - Crakes
São Bento (extinto) de São Caetano (SP) - Bolagol
Portuguesa Carioca (RJ) - Bolagol
Gama (DF) - Crakes

Grupo D
Comercial (SP) - Ki-Gol
Grêmio Novorizontino (SP) - Crakes
Ypiranga (extinto - SP) - Bolagol
Mogi Mirim (SP) - Crakes

Grupo E
Sete de Setembro (extinto - MG) - Bolagol
América (SP) - Bolagol
Noroeste (SP) - Sportec
Vitória (ES) - Brianezi

Grupo F
Avaí (SC) - Crakes
Paulista de Jundiaí (SP) - Bolagol
Galícia (BA) - Bolagol
Madureira (RJ) - Bolagol

Grupo G
Londrina (PR) - Ki-Gol
Linense (SP) - Bolagol
Canto do Rio (RJ) - Bolagol
União São João (SP) - Crakes

Grupo H
Ferroviário (CE) - Brianezi
Marília (SP) - Carrieri
Nacional (SP) - Bolagol
ABC (RN) - Brianezi