Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

terça-feira, 30 de junho de 2015

Calcio de Botões: Vem aí a 15ª 'Squadra Italiana'

No segundo semestre deste ano, Botões para Sempre fará mais um 'Calcio de Botões Oficiais', feitos de fábrica; em breve no blog mais um time desfilando nos gramados italianos. Já temos 15 times para o torneio. Muita história e nostalgia da antiga Brianezi. Aguardem...em fase de finalização de matéria.
A bela cittá da 'squadra' recém-adquirida
Esta é a massa típica da região. As famosas 'orelhinhas', bella pasta. Como diria o meu saudoso amigo, o chef e 'Cidadão Paulistano', Giovanni Bruno, de tantas reportagens gastronômicas que fiz com ele: "Meu caro Bucci, simplesmente fantástico". Saudades do sr., Mestre 'Anarello'.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Meus campeonatos: Os 24 times de fábrica da Copa UEFA de 2015

Botões para Sempre divulga os 24 times europeus e seus respectivos grupos, que disputarão a VI Edição da Copa UEFA de Futebol de Botão. Vários clubes de países diferentes feitos pelas seguintes firmas: saudosa Brianezi, saudosa Curinga Esportes, saudosa Crak´s, Crakes (Jucrake), Ki-Gol, saudosa Bolagol e BFA Store.
Grupo A
Avellino - Itália - Crak´s
La Coruña - Espanha - Ki-Gol
Sevilla - Espanha - Crakes
Chelsea - Inglaterra - Crakes

Grupo B
Mechelen - Bélgica - Brianezi
Sampdoria - Itália - Brianezi
NK Zagreb - ex-Iugoslávia-Croácia - Brianezi
Vitória de Guimarães - Portugal - Crakes

Grupo C
CSKA Sófia - Bulgária - Crakes
Galatasaray - Turquia - Crakes
Benfica - Portugal - Crakes
Torino - Itália - Crakes

Grupo D
Verona - Itália - Crakes
MTK - Hungria - Bolagol
Parma - Itália - Brianezi
Arsenal - Inglaterra - Crak´s

Grupo E
Fiorentina - Itália - Crak´s
Valencia - Espanha - Crak´s
Pescara Calcio - Itália - Brianezi
Honvéd - Hungria - BFA

Grupo F
Borussia Dortmund - Alemanha - Crakes
Spartak Trnava - ex-Tchecoslováquia-Eslováquia - Brianezi
CSKA Moscou - Rússia - Curinga
Sporting - Portugal - Ki-Gol
video

domingo, 28 de junho de 2015

NK (Nogometni Klub) Zagreb - Edição de Luxo (50mm) da Brianezi - 1970/1980

Botões para Sempre tem a honra de apresentar o difícil NK Zagreb, da antiga Iugoslávia (hoje, Croácia) no modelo mais raro produzido pela saudosa 'Indústria e Comércio de Brinquedos e Jogos Brianezi', ou seja, no período que compreende os botões de 'Luxo' e 'Seleção de Ouro', entre 1977-1986. Os botões são intitulados como 'Futebol Super Luxo', que eram mais caros e especiais, sendo mais encontrados na lojinha da fábrica, que se localizava no Belenzinho-SP. Com 5cm de diâmetro, maiores que os convencionais de 4.2cm, os botões são ótimos em escanteios, em arremates potentes; deslizam perfeitamente, pois são de material totalmente flexível e de celulóide importado do Japão, os mesmos das primeiras gerações, com escudos em decalque, todo pintado e esmaltado.
História
O Nogometni Klub Zagreb (Clube de Futebol Zagreb) é um dos clubes mais tradicionais da antiga Iugoslávia. Atualmente joga na 'Primeira Liga Croata de Futebol'. Fundado em 1903 como PNISK (primeiro como clube de futebol e depois como 'Sports Club'), sendo um dos mais antigos do Leste Europeu. Sua maior conquista foi o título croata em 2001-2002. O clube se notabilizou também por conquistas em divisões de acesso na primeira metade dos anos 70, levando grandes públicos aos estádios, o que levou o time a rivalizar-se com o maior clube da Croácia, o Dínamo de Zagreb, da mesma cidade. Entre os jogadores mais notáveis estão Ivica Olic, que levou o clube ao seu primeiro campeonato em 2002. Jogador habilidoso e da seleção croata. Atualmente joga no Hamburgo-Alemanha. Também vale a pena mencionar Josko Popovic, que jogou nos anos 90 e o atacante Gasparini, ídolo dos anos 70.
O apelido muito popular do time é 'Os poetas', devido a localização de sua terra natal, Zagreb, mais precisamente em Kranjceviceva, famosa rua que levava o nome do poeta croata.
Desde 1946, o estádio Silvije Kranjcevic é usado para as partidas oficiais do clube. A capacidade é de 8.850 pessoas sentadas.
As cores e o seu Escudo
A cor branca tem sido tradicional desde a sua fundação. Sabe-se pouco sobre a segunda cor, que era vermelha. Ela veio a partir do primeiro brasão de armas de Zagreb que continha o símbolo da cidade, as paredes da torre e depois, três torres que também caracterizavam o símbolo da cidade; suas cores baseavam-se em sua fortaleza, bem como o brasão oficial da cidade no início do século XX.
O brasão de armas foi dividido em duas partes. Na parte inferior, um ícone que simbolizava a cidade de Zagreb, enquanto a parte superior foi preenchida com linhas brancas e vermelhas. Após a Segunda Guerra Mundial, em um ponto, a combinação foi apenas branco e preto. No final, era azul, que foi aceito para a segunda cor de Zagreb. Branco com pequenas combinações em azuis foram mescladas, enquanto vários tons de azul escuro foram utilizados para aparências em distância. O brasão de armas também mudou várias vezes nesse período, mas sempre continha uma silhueta da cidade, a sua fortaleza, com seus portões abertos. Outras cores variadas em tons de azul com amarelo, ouro, branco e preto foram usadas até 2008.
Logo atual do Zagreb, clube croata; abaixo a evolução dos seus escudos:

A Brianezi usou como sempre o escudo retrô, época de fabricação do jogo de botão, isto é, no fim dos anos 70
Pin do clube croata NK Zagreb, com as torres do brasão de armas da cidade de mesmo nome: um dos escudos mais lindos que a Brianezi confeccionou para a verdadeira 'mosca branca' do Leste 
Reparem no brasão oficial da cidade de Zagreb: inspiração do escudo do NK
1964
1960´s
1970´s
 73/74
70´s
Metade anos 70
1974
O atacante Gasparini, ídolo do time na primeira metade dos saudosos anos 70
1973
Ivica Olic, ídolo do clube do começo dos anos 2000, jogador habilidoso da seleção croata
O clube croata
A belíssima Zagreb, capital e maior cidade da Croácia: nos últimos anos vem recebendo milhares de turistas do mundo inteiro. A área metropolitana abrange mais de um milhão de habitantes. É um forte destino turístico do Leste Europeu e também um corredor para visitantes da Europa Central e Ocidental em direção ao Adriático. A parte histórica da capital croata, com a Cidade Alta e Kaptol, é a principal atração, com prédios históricos, igrejas, instituições, restaurantes e cafés.
O esquadrão de 73-74 feito por David Ribeiro
74
A seleção da extinta Iugoslávia na Copa de 1974

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Meus campeonatos: Copa UEFA 2015

Vem aí a Copa UEFA 2015, de 'Botões para Sempre'. Mais um belo certame europeu que serve como aperitivo para a Champions League. Neste ano, 24 equipes do 'velho continente' tentarão o título deste campeonato que vem crescendo muito em competitividade. Muitas equipes novas irão participar. Hoje já tivemos o sorteio da UEFA, com a abertura do jogo entre Avellino (antiga Crak´s) 2 x 0 La Coruña (Ki-Gol). Em breve teremos no blog a foto oficial das 24 equipes com os respectivos grupos, de A a F.
Hoje, na Campânia, sul da "Velha Bota", o Avellino derrotou o espanhol Deportivo La Coruña por 2 a 0, com a boa participação dos atacantes Barbadillo (peruano) e Juary (brasileiro que jogou no Santos). Grandes estrelas do time italiano dos anos 80, feito pela saudosa Crak´s, de Guilherme Biscasse, de 1983-1988. Curiosamente, no ano passado, a equipe do sul da Itália também abria o torneio e vencia o MTK, da Hungria, original Bolagol, pelo placar de 3 a 1. Ironias do destino...

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Alemanha Ocidental é campeã da Copa do Uruguai

Grande festa no estádio 'Centenário' de 'Botões para Sempre'. A poderosa e extinta Alemanha Ocidental levanta seu primeiro caneco na história dos meus mundiais. Com um gol nos minutos finais da partida, anotado por Rudi Völler, a equipe alemã fez jus ao seu investimento e reforço, com botões Brianezi, dos anos 90. Na final contra a Escócia vimos um duro embate europeu, mas a Alemanha sempre foi mais perigosa e agressiva. A seleção escocesa parece que chegou cansada na final, tendo também sentido a ausência de Souness, grande estrela do time, que fora expulso nas semi-finais contra a Hungria. Um Mundial maravilhoso este o do Uruguai; grandes surpresas africanas como Camarões, África do Sul e Nigéria, o bom rendimento de seleções sul-americanas, como o próprio Uruguai da Brianezi 'duas faixas', que saiu invicto em todas as partidas de 90 minutos, a Colômbia novamente perigosa, o Chile (que acabou em terceiro e derrotou na prorrogação a invicta Itália 'duas faixas'); as surpresas da Europa como Hungria (quarta colocada) e Escócia (vice-campeã) e a decepção de campeões do mundo que nem passaram da primeira fase como a Holanda e a Iugoslávia. A cada ano que passa o Mundial ganha destaque pelo elevado nível técnico das partidas!
A campanha
Primeira fase
Grécia 1 x 1 Alemanha
Alemanha 3 x 1 Peru
Argélia 0 x 3 Alemanha
Oitavas
Alemanha 4 x 2 Espanha
Quartas
Uruguai 1 x 1 Alemanha. Pro: 0 x 2
Semi-finais
Alemanha 2 x 1 Chile
Final
Alemanha 1 x 0 Escócia
A Alemanha Ocidental, com camisa do Mundial de 1990, feita pela Brianezi: foto da seleção com a medalha de ouro. Campeã invicta!
1990

Matthaus: eleito o melhor jogador de minha Copa
Völler: autor do gol na finalíssima contra a Escócia

terça-feira, 23 de junho de 2015

Lote novo do São Paulo - Sportec (80´s) e Brianezi (90´s)

Sportec tradicional; Sportec 'camisas' com arte do time campeão de 1977 e Brianezi anos 90
Propaganda - Sportec -Revista Placar, 1982
1977
1981
1986 Placar