Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

segunda-feira, 24 de abril de 2017

England da Brianezi raro com 04 faixas - Edição de OURO 50mm

Tanto falamos de 'duas faixas'... tá aí este belo exemplar veio com 02 faixas no lado esquerdo e mais duas no lado direito, com 04 faixas no total. Celulóides flexíveis muito finos, até com desgastes na pintura. O cara tinha estes botões e juntou 'um em cima do outro', quase grudando um a um, como normalmente eu faço quando guardo os times nos gaveteiros. Portanto, vai saber quantos anos ele não entrava na mesa! Quantos anos ele não pegava nem na mão estas peças! Quantos anos, a pessoa nem mais mexia neles! Santa creche!
Mais um de celulóide do fim dos anos 70 e início dos 80 que entra para a coleção. Em breve mais novidades no blog, de postagens de belos e raros botões Bolagol e carinhas da Estrela e Onze de Ouro.
1977
78
Que copa inesquecível a de 1982: Para se ter uma ideia o selecionado inglês não perdeu nenhum jogo! Mas caiu diante da Alemanha Ocidental na pontuação geral da segunda fase.
Um dos meus ídolos naquele álbum Ping Pong de 1982. Eu recortava a carinha dele e colocava para jogar em times brasileiros! Que nostalgia, KEEGAN!
Mas, para a minha Copa do Mundo FIFA 2017 Japan, vou colocar este acima, pois será o segundo mundial com este time branquinho com faixas vermelhas e azuis, e temos que ainda testar a jogabilidade deste excelente esquadrão da Brianezi em 42mm, também, claro, em celulóide flexível.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Cruzeiro da Sportec é campeão da III Copa Sul-Americana 2017

Mais uma final brasileira. A terceira edição da Copa Sul-Americana reuniu três times brasileiros (do 6ºao 8º lugar) do Brasileiro contra os estrangeiros da América do Sul que não conseguiram vagas para a tão sonhada Libertadores. Repeteco do ano passado? Quase. No ano passado, o Piauí EC fez uma campanha linda e melhor que todos, mas parou na final contra o Flu. Desta vez, o Calouros do Ar fez a mais bela campanha, inclusive na primeira fase, estando na frente do próprio Cruzeiro, mas parou na final. A Raposa conseguiu juntar no aglomerado de pontos na final e com dois gols fora, levou o título para Minas Gerais. No começo do certame, um grande susto na Toca da Raposa. O time jogava mal e perdia, mas começou a ganhar corpo, quando ganhou do argentino River Plate. No âmbito final, a Caldense da querida Poços de Caldas ficou em terceiro e o argentino Racing em quarto lugar.
Bela final no estádio Presidente Vargas (o PV) de Botões para Sempre. Com o apoio da torcida do bairro da Aerolândia, de Fortaleza, o Tricolor da Base Aérea venceu o Cruzeiro por 3 a 2, porém não foi suficiente, pois, no jogo de ida, no Mineirão, perdeu de 3 a 1. Mais um título da Sportec, que, como disse anteriormente, é uma antiga marca de botão que compete de igual a igual com qualquer geração dos famosos Brianezi.
A campanha
Cruzeiro 0 x 2 Mineros - VEN
Calouros 3 x 1 Cruzeiro
Cruzeiro 3 x 0 River Plate
Mineros 0 x 0 Cruzeiro
Cruzeiro 2 x 2 Calouros
River 0 x 2 Cruzeiro
Semi
Cruzeiro 3 x 0 Racing
Racing 1 x 1 Cruzeiro
Final
Cruzeiro 3 x 1 Calouros
Calouros 3 x 2 Cruzeiro

sexta-feira, 14 de abril de 2017

E o Palestra feito nos primórdios da Gulliver em 1975

Primeira geração da Gulliver, metade dos anos 70, com fundo amarelo. Década de ouro do Futebol de Botão, pois naqueles idos dava gosto entrar em qualquer grande magazine da época como Mappin, Mesbla, Lojas Americanas, Jumbo-Eletro, Eldorado e comprar caixinhas e mais caixinhas contendo estas raridades. 
1975

O Internacional original - Gulliver 1980´s

O gigante Colorado feito também por antigos acrílicos da Gulliver.
1980

Guarani original da Gulliver - 1980

O Bugrão feito antigamente pela Gulliver em botões acrílicos antigos, bem melhores que os cristais de hoje. Naquela época a fábrica despachava mais de 1 milhão de jogos por ano. Dados da Folha. Já a Brianezi um pouco mais de 140 mil estojinhos/ano. A Gulliver tinha uma diferença: além de serem botões de 'brinquedos', o preço era bem acessível e encontrado em qualquer magazine, diferente dos Brianezi que entravam mais em lojas de artigos esportivos.
Que timaço inesquecível!
Olha só que raridade da Gazeta Press: 1973, partida válida pelo Brasileiro contra o extinto CEUB

terça-feira, 11 de abril de 2017

Vem aí a Taça Libertadores da América 2017

Torneio disputadíssimo com todas as feras da América. O gigante Cosmos tentará mais um título e, quem diria, o Botafogo que já virou recordista de canecos na nova era dos meus campeonatos, tentará o tri. Desta vez poderei até usar o modelo mais antigo 'duas faixas', mas na hora está pesando mais o time bi-campeão do mundo, que pertence a terceira fase de 1989 da Brianezi. Estudiantes, Peñarol, León, antigos Brianezi se unem com os brasileiros Corinthians, Grêmio, Juventus da querida Mooca e a nossa surpresa do Nordeste, o histórico 'Piauizão Vibrante', quinto colocado no Brasileirão de 2017. Para fechar com chave de ouro, Nacional e Peñarol, os rivais uruguaios no mesmo grupo. Vai sair faísca.
Grupo A
Cosmos - EUA (Brianezi)
Colo-Colo - CHI (Crakes)
Grêmio - BRA (Sportec 'camisas')
Piauí E.C - BRA (Brianezi)
Grupo B
Boca Jrs. - ARG (Crakes)
Corinthians - BRA (Brianezi)
Independiente - ARG (Brianezi)
León - MEX (Brianezi)
Grupo C
Estudiantes - ARG (Brianezi)
Nacional - URU (Brianezi)
Peñarol - URU (Brianezi)
Cobreloa - CHI (Brianezi)
Grupo D
Botafogo - BRA (Brianezi)
Cerro Porteño - PAR (Crakes)
Vélez - ARG (Brianezi)
Juventus - BRA (Brianezi)
Em 2016 o Estudiantes fez ótima campanha, alcançando o terceiro posto
O maravilhoso e raro León mexicano. Este time me vem recordações dos anos 80 no meu Colégio, pois existia um 'moleque' que trazia este jogo de botão idêntico com as mesmas cores numa caixinha de cigarros e 'zombava' com outros amiguinhos de 10 anos que ninguém tinha o time.
Taí, como disse em postagens passadas, o egoísmo e a ARROGÂNCIA COMEÇA NA INFÂNCIA. Tem gente que desde pequeno se acha DEUS DO BOTÃO. DEUS, DO FUTEBOL, DEUS DA ESCOLA, DEUS NOS ESTUDOS. E isso, em 2017, em pleno outro século, é ainda pior. Pois se nos anos 80 já tinha babaca e arrogante, imagine hoje!!
 Caras-pálidas, vamos tentar sermos um pouco mais HUMILDES, POIS o que estraga a sociedade muitas vezes é o egoísmo.
Outra força da Brianezi é o Cobreloa
 O Grêmio da Sportec 'camisas' só parou na final do Brasileiro contra o temido Botafogo
E o JUVE DA MOOCA VEM COM TUDO.
O time mais incólume de toda minha coleção destes Brianezi
Grande Ataliba, um abraço fraterno de 'Botões para Sempre'!

Vem aí a Sul-Americana 2017

Oito clubes brigarão pelo título. A III Copa Sul-Americana já teve dois campeões brasileiros: Remo e Fluminense. Desta vez, Cruzeiro, Caldense e Calouros do Ar que ficaram entre o 6º e o 8º lugar, disputarão com times sul-americanos que não alcançaram vagas para a Libertadores, que, são: River Plate, San Lorenzo, Racing, Mineros - VEN e Deportivo Cali.
Grupo A
San Lorenzo - ARG (Brianezi)
Racing  - ARG (Brianezi)
Caldense - BRA (Brianezi)
Deportivo Cali - COL (Crakes)
Grupo B
Cruzeiro - BRA (Sportec)
Mineros - VEN (Brianezi)
River Plate - ARG (Brianezi)
Calouros do Ar - BRA (Brianezi)
O belo time venezuelano do Mineros de Guayana dos anos 90 da Brianezi
E o Calouros da Aerolândia vai disputar o torneio internacional. O Futmesa nos brinda com estes momentos únicos e nostálgicos
Força para o time em que jogou Tom Cavalcante, nas categorias de base do Tremendão de Fortaleza
O gigante Cruzeiro pela primeira vez também disputará um torneio internacional
De seu ídolo Nelinho
Também nas Minas, vemos a Caldense de tanta tradição nos meus campeonatos de botão de 1984. Força para o selecionado de Poços de Caldas e de seu ídolo Casagrande.
Vamos lá, picaretas de plantão, VERDADEIROS AGIOTAS 171 DO COLECIONISMO, QUANTO VOCÊS QUEREM PEDIR NO MERCADO NEGRO ESTE TIME? 500 QUINHENTINHOS TÁ BOM? E SEU EU TIRAR A PALHETINHA, É MENOS? AH! ELA CUSTA de 130 a 250,00 A PALHETINHA,,,,HAHAHA. E os caras (garimpeiros/atravessadores) pagam 50 centavos nela para depois pegar otário, que vai na internet e arremata um valor desse. Só mesmo neste país de atravessador!!!!
VÃO CAÇAR NO LIXÃO, JUNTO COM SEUS AMIGOS ABUTRES, URUBUS E RATOS QUE SÃO SEU LUGAR...KEKEKKEK

Fabricantes desconhecidos - 1970´s com decalcomanias da Brianezi e Sportec

Período mágico e romântico do futmesa. A alquimia era grande na formação de times. Cores, tintas diversas, lentes de celulóides antigas, muitas vezes compradas no Centro de SP, na Rua Barão de Paranapiacaba, onde se encontravam com os relojeiros antigos ou até mesmo com o Sr. Luiz Gonçalves, que produzia antigamente no fim dos anos 60/início dos 70 os primeiros botões de 'capas' ou 'tampas' de relógio. Logicamente, depois, em 1972, surgiu Paulo Brianezi (in-memorian) com suas primeiras confecções na fábrica Brianezi, que, aliás, ele vendia sapatos no começo, passando depois para a gigante e lendária Brianezi Indústria e Comércio de Brinquedos e Jogos.
Paraguai, Grécia, Náutico, Bonsucesso, Suíça (com números da Sportec) e São Bento.
Além do extinto Colorado-PR. Todas com lentes de celulóides antigas 4.0cm (40mm)

sexta-feira, 7 de abril de 2017

River Plate - Brianezi 'duas faixas', belo time, porém incompleto

1980´s
1977
Da Final Intercontinental 1986

Seleção Turca do KIT Sportec - dos primórdios da fábrica do Itaim Bibi

Quem acompanha as postagens no blog resgatem o marcador SPORTEC para verificarmos no túnel do tempo. Nos primórdios, a empresa lançava e foi pioneira no KIT SPORTEC. Nele continha um saquinho que vinham os botões (as lentes) transparentes, os escudos (em decalques), faixas, no mesmo estilo dos Brianezi e o cliente decorava como queria. Ele montava e pintava, aplicava os decalques auto-colantes que saíam em água (decalcomania) e colocava ou não as devidas faixas. Neste caso abaixo, da Turquia, encontrei esta raridade feita antigamente nos anos 80 (montada pelo cliente) apenas com o escudo (bandeira) que vinha no saquinho e o número. O cliente quis reviver o que a Brianezi fazia no começo de 1972, apenas com o emblema e o número. Show de bola. Apenas desgastes pela ação do tempo, mas geralmente estes Sportec não vinham com quebras, o que facilita o bom jogo. 
A diferença destes botões com os Brianezi antigos é que a Sportec mantinha o equilíbrio na produção das lentes, pareciam que todos os botões eram iguais. O que já não acontecia com os Brianezi. Na fábrica do Belenzinho, a fábrica Brianezi despachava os botões um diferente do outro, sem uma espécie de controle de qualidade, por isto que encontravámos muitos achatados, tortinhos, gordos, magros, eram recortados nas folhas de celulóide em tipos que mudavam na hora de entrar no estojinho. As famosas tampas de relógio eram diferentes do número 02 ao 10. Impressionante. Isso que fez a Brianezi ser diferente das demais. Ela não mantinha uma uniformidade. Já os Sportec conseguiram ter um controle melhor de qualidade, de botão igual a igual, do número 02 ao 10. 
Seja bem-vinda Turquia, belo reforço para as Eliminatórias.
Quem não se lembra da participação magistral na Copa de 2002
1954
Euro 96
1960´s
80´s
E neste lance da Copa 2002 com o Denílson que ficou conhecido como 'Exército Turco'.
Acima o KIT. Na Revista Placar podíamos pagar e receber em casa os saquinhos para montarmos os times ou comprarmos diretamente da fábrica já o time ou seleção pronta.