Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

A origem do Futebol de Botão também seria inglesa?

Dúvidas. Lendas. O certo é que existem muitas teorias que envolvem o surgimento de nossa 'brincadeira', isto é, do nosso amado esporte. Desde o antigo jogo da 'pulga' muito praticado na Europa, com as mãos, em forma de 'petelecos', até a existência de relatos espanhóis no fim do século XIX. Na Hungria, os especialistas deste querido país do Leste Europeu afirmam que o sectorball é praticado desde 1910. No Brasil sabemos da história do 'Papa do Botão', Geraldo Décourt, pioneiro e o maior divulgador do surgimento do futebol de botão em nosso país.

Botões para Sempre mostra abaixo uma foto datada de 1910. Na Europa do início do século passado está registrada, em divulgação, neste jornal ou folheto impresso, de nome 'Leader', de Londres, capital inglesa, dois técnicos-jogadores concentrados na manipulação de seus botões distribuídos sobre uma mesa de jogo com dois goleiros nas suas extremidades. Seria a origem europeia do jogo de futebol de botão? O futebol de botão também teria se originado na Inglaterra, país dos inventores ou, ao menos, os organizadores do futebol 'association', de campo?
A primeira foto conhecida no Futebol de Mesa ou Futebol de Botão é esta de Londres, de 1910, remetida da Sérvia por Milos Krstic, músico, grande botonista de seu país do Leste, e um dos maiores divulgadores do futebol de mesa (sectorball) na Europa.
O sérvio Milos Krstic: sabe tudo da história do botonismo e também relacionado ao Brasil e nossos clubes.
No ano de 1930, o brasileiro Geraldo Décourt publica o primeiro livro de regras do Futebol de Botão Nacional, na época chamado de 'Foot-Ball Celotex' e que viria a tornar-se um documento histórico pelo seu pioneirismo. O nome 'Futebol Celotex' foi dado, originalmente, ao jogo de futebol de botão, em decorrência do material usado na época para confecção das mesas de jogo, o qual tinha este mesmo nome. Talvez o 'Celotex' tivesse alguma semelhança com as chapas de 'eucatex' e 'duratex', utilizadas para a fabricação de mesas de jogos de botão para crianças nos dias atuais.
O pioneiro Décourt recebeu o título de "Papa do Botonismo Brasileiro", pois com ele surgiu os primeiros registros impressos da existência do futebol de botão no centro político, administrativo e econômico do Brasil.
Material de fotos antigas e fonte de pesquisa histórica: botonista gaúcho Enio Seibert, foto acima.

3 comentários:

  1. Ricardo, ingleses miserentos. Criaram o futebol de campo e talvez o de mesa também.

    ResponderExcluir
  2. Sensacional pesquisa! Nunca imaginei que poderia ser nosso futebol de mesa também um esporte bretão.

    ResponderExcluir