Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

Palheta colorida: 'aberração' total

Colecionadores, amantes do botão, especialmente os que se enquadram na minha faixa etária, de 35 a 40 anos. Quantos vocês acham que valem uma simples peça, um acessório, que a Brianezi chamava de 'palheta colorida'? Pois bem, vale $1 ou de $100 a 200? Para mim, prefiro a primeira opção: 1 real. Muitos devem achar ao contrário. Outros colecionadores acreditam, sim, que valem. Discordo. Estamos num país democrático. Eu respeito a opinião de cada um. Mas agora, vai a minha opinião: Como colecionador desde 1979, acho um verdadeiro absurdo alguém chegar para mim e tentar me vender um acessório tão simples, 'catado não sei aonde' por preços 'nefastos' e 'estratosféricos'. Comprei um dos melhores lotes de Brianezi 'duas faixas', em outubro do ano passado, e vocês se lembram, veio os seguintes times: Lyon, Estudiantes da Argentina, Arábia Saudita, um jogo completo de Galalite, tudo pela metade do preço de uma palheta colorida, que, de vez em quando, vemos perdida anunciada, por aí. E o melhor, neste determinado lote, também veio uma palheta flexível, mais rara ainda que as coloridas, de uma cor só. Coisas da vida...É para rir ou para chorar, ao mesmo tempo.
Conversando com meu pai, que pela idade só basta um 'olhar' e pela experiência vivida, não somente pelos anos vividos, mas, sim, pela sabedoria e caráter, ele me disse: "Meu Deus, meu filho Ricardo, não há comentários para fazer sobre isto. O negócio é apenas um só: Não COMPRE".
Abaixo algumas palhetas de minha coleção, que meu pai comprou junto com os times nos anos 70 e 80, que veio nos estojinhos do Manchester United, Brasil CBD etc. Em 2011 consegui mais uma, que estou jogando até hoje, nos meus campeonatos solitários e felizes, um presente que veio de um vendedor. Aliás, um amigo. "Ricardo, um objeto tão simples, não tem nem como estipular um preço. Leva para casa isto aí", ele me disse, na oportunidade.
Vamos abrir o olho, colecionadores! 
A maioria delas está presente desde 1979 e comprada numa época que dava gosto comprar. Hoje...vivemos uma outra história. Peças compradas por nossos pais e amigos especiais valem muito, mas muito mais, do que compradas 'nefastamente'.
Esta é a minha caixa, que chamo de 'porta-palhetas e bolinhas'
Esta é palheta atual que estou jogando meus torneios desde 2011, presente de um amigo, sem custo nenhum, que também é vendedor.
Meu pai nos anos 80 e eu, quando era criança, na casa de meu saudoso avô materno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário