Copa de 1982

Copa de 1982
Lembranças da Copa do Mundo de 1982: veja o artigo que escrevi sobre o melhor mundial de todos os tempos

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Botões para Sempre recebe orgulhosamente mensagem de Lúcio Brianezi

Agradeço imensamente ao senhor Lúcio Brianezi, o maior mestre de futebol de botão deste país, pela mensagem carinhosa que o blog 'Botões para Sempre' recebeu. Lúcio, pode ter certeza que seus botões encantaram e ainda encantam muita gente. Desde os 04 anos de idade que tive, pela primeira vez, contato com suas miniaturas de futebol. Ainda nem sabia mexer direito numa palheta. Suas peças entraram pela 'porta da frente' neste universo, em agosto de 1972. Sua empresa foi pioneira em muita coisa. Não somente com os primeiros botões 'oficiais' industrializados, mas na introdução da bolinha de lã, trave com rede, mesa oficial, enfim. A fábrica foi um exemplo especialmente nas doações para AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) conseguidas através das mensalidades dos disputantes de seus torneios. Os clubes pensaram muito pequeno em querer royalties no uso dos escudos. Quem pagou o 'pato' fomos nós amantes de um esporte, que, hoje mesmo decadente entre as crianças, cativa os marmanjos de 30/40 anos ou mais.
Muito obrigado, Lúcio, como conversamos, os Brianezi fizeram história e para mim ainda fazem, mesmo vivendo num mundo totalmente diferente de ontem. Hoje para conseguirmos tais relíquias de sua fábrica, precisamos 'driblar' este mercado 'asqueroso' e 'nefasto' de peças antigas, recheado de 'cambistas' e 'atravessadores' que compram a preços de 'banana' e colocam os preços numa maneira sobrenatural, para mexer com o nosso sentimentalismo, grande parte na internet. Temos que aguentar além de tudo isto, muita mentira no meio. Pois no comércio, infelizmente, é difícil encontrarmos ética. Mas pode deixar que comigo estou driblando direitinho estes 'picaretas' e fazendo 'gols bonitos'. Por isto que entrando alguma peça sua ou de qualquer outra fábrica antiga, daqui ele não sai. Desde 1979 que é assim e assim será 'para sempre'.
Um abraço fraterno, Ricardo Bucci, jornalista.

Caro Ricardo Bucci, boa noite!
É uma pena que não posso lhe ajudar. Infelizmente. Desde o final de 2001 que encerrei as atividades na empresa 'Brianezi Jogos de Botões' e não sobrou mais nenhum material aqui comigo. 
Abraços
Lúcio Brianezi
                        A Brianezi vendia cerca de 140 mil exemplares por ano, nos anos 80

2 comentários:

  1. Ricardo, abraço ao mestre Lúcio.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, fiquei muito emocionado e triste ao mesmo tempo com esta postagem do Sr. Lúcio Brianezzi...uma pena não existir mais nada da saudosa marca Brianezzi em seus acervos...mas é isso, bola pra frente !!!

    ResponderExcluir